Post: Quão tóxico é o seu código?

Alessandro Medeiros

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook

Fala ai Radizeiros e Radizeiras, tudo bem com vocês?

Se você é alguém que escreve código, provavelmente conhece aquele momento em que olha para algum código que não escreveu, ou algum código que escreveu há muito tempo, e pensa “isso não parece bom”. Não é nem mesmo se o código faz o que deve fazer – demora um pouco mais para descobrir – ou se o código é muito lento. Mesmo que seja perfeitamente livre de erros e tenha um bom desempenho, existe algo na maneira como é escrito. Isso faz parte da qualidade interna de um sistema de software, algo que os usuários e gerentes de desenvolvimento não podem observar diretamente; no entanto, isso ainda os afeta, pois é difícil manter e ampliar códigos com baixa qualidade interna.

Agora, como desenvolvedor, você ajuda gerentes, executivos, ou até mesmo você que ocupa essa cadeira em sua empresa, quer entender a qualidade interna do código? Nós geralmente queremos um pouco mais do que “é horrível” antes de priorizar na limpeza do código sobre a implementação de novos recursos que geram valor do negócios diretamente. Ou até mesmo: como você descobre o quanto um código realmente é ruim em relação a algum outro código? Essas eram perguntas que eu mesmos me perguntava há alguns anos.

A resposta veio em algo que já tem dentro do RAD Studio, que pode nos auxiliar, e como eu priorizo muito na qualidade de código encontrei soluções que me auxiliam na hora de ter que refatorar um código.

Uma dessas é o Method Toxicity Metrics que ajuda na refatoração de métodos para que possamos aplicar padrões usados na programação funcional.

E para acessar é simples, basta ir no menu do Rad Studio, Project > Method Toxicity Metrics.

A tela que irá abrir mostra uma lista de todos os métodos junto com as principais métricas sobre cada método.

  • Length: O número de linhas no método ou, mais precisamente, o número de instruções de código no método.
  • Parameters: o número de parâmetros na declaração do método.
  • If Depth: A profundidade máxima de instruções if aninhadas presentes no método.
  • Cyclomatic Complexity: O número mínimo de caminhos de código independentes através do método. Esse é o número mínimo de testes que devem ser executados para garantir que todas as linhas de código no método sejam testadas. Observe que a cyclomatic complexity não é o número total de caminhos de código independentes, mas o número mínimo de caminhos independentes.
  • Toxicity: A toxicidade combina todas as métricas acima para criar um valor único de quão tóxico é um método.

A página Method Toxicity Metrics usa um plano de fundo vermelho para valores maiores que o limite definido. Você pode personalizar o limite para cada métrica na página de opções Toxicity Metrics. O limite do valor de Toxicidade é sempre 1, você não pode alterá-lo.

Você pode clicar duas vezes em qualquer método na lista para abrir sua implementação.

Seguindo essas métricas e usando o que há de melhor no Rad Studio, você pode alcançar um grau de maturidade em seus códigos, trazer o que tem de melhor na programação funcional, saindo de um código legado e totalmente acoplado para um código mais coeso e de fácil manutenção.

Nesse treinamento eu reuni as minhas melhores aulas dos meus mais diversos treinamento para entregar  para você um conteúdo que vai direto ao ponto, para que você não perca tempo e nem dinheiro na hora de aprender Delphi.

CLIQUE AQUI PARA SABER MAIS SOBRE O TREINAMENTO DE TÉCNICAS AVANÇADAS DE DELPHI.




Faça sua busca

CATEGORIAS

POSTS RECENTES

E caso você tem interesse de conhecer mais sobre Quão tóxico é o seu código?, acesse o nosso portal do CLUBE DE PROGRAMADORES EM DELPHI
Você não terá só conteúdos relacionados ao Quão tóxico é o seu código?, mas uma quantidade enorme de conteúdos que poderá lhe ajudar muito no seu dia a dia, é uma verdadeira NETFLIX para os programadores Delphi.
Gostou?
Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook

Embarque no foguete com milhares de devs para aprender desenvolvimento, evoluir de forma contínua e se manter relevante no mercado.

Sobre
Dúvidas
Cadastre-se em nossa lista

Para ter acesso em primeira mão, a tudo que acontece na Academia do Código, basta se cadastrar em nossa lista

Grupo Thulio Bittencourt | Academia do Código

#FaçaPartedaHistória

Copyright © 2021 – Todos os direitos reservados